Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \27\UTC 2008

Não sei você, mas nunca tive muito tempo nem paciência para aprender a configurar esses programas que gerenciam emails como Outlook, Thundbird, etc. Esse negócio de smtp, imap e coisas do tipo me desconcertam. Admiro quem consegue dominar esses detalhes tecnológicos, e acima de tudo, que tem tempo pra aprender tudo isso. Sempre gostei de praticidade e por isso quero indicar esse serviço de email que é muito fácil de usar. Nas novas versões do navegador Opera existe na barra de ferramentas uma opção de Correio. Você clica ali, coloca seu endereço de email e o Opera faz os resto. Baixa suas mensagens, cria pastas, enfim tudo que eu tinha sonhado.

Experimente! Você vai gostar!

Anúncios

Read Full Post »

Depois de mandar inúmeros currículos, falar com todos seus conhecidos, mandar centenas de emails, finalmente chegou o dia tão esperado: O dia da entrevista!

E sabe o que muitos fazem? Nada! Ou melhor, não se preparam adequadamente. Muitos consideram a experiência  adquirida ao longo dos anos seu melhor preparo. E quando chegam na frente do entrevistador a dura realidade os surpreeende. São pegos de surpresa por perguntas que jamais sonharam em responder. Ai vem a boca seca, mão frias e suando, dificuldade para concatenar as idéias…enfim, você perdeu a chance de causar uma boa impressão simplesmente por não estar preparado. Você pode até ser um ótimo profissional, mas naquele momento crucial você não souber demonstra-lo.

Eu já passei por inúmeras entrevistas ao longo da minha carreira profissional. A primeira que participei eu tinha só 14 anos. Estava concorrendo com dez meninos da minha idade a uma vaga de aprendiz de mecânico em uma grande empresa da minha cidade. Eu estava tão nervoso que mal conseguia olhar para a moça do RH que fazia a seleção, que aliás encontrei 12 anos mais tarde em uma outra entrevista em outra empresa. Dá pra acreditar ??

Gostaria de poder contribuir com algumas das principais perguntas que se costumam fazer em processos seletivos. Reflita sobre elas, seja Proativo, e esteja preparado para respondê-las a qualquer momento. Isso fará uma enorme diferença no seu futuro profissional.

1. Fale sobre si.
Esta pergunta é quase obrigatória em uma entrevista de emprego e deverá ser muito bem praticada para uma resposta sucinta, direta e, acima de tudo, que valorize o seu perfil profissional. Mas há excessões! Já participei de entrevistas onde o recrutador só queria saber sobre minha vida pessoal: Meus hobbys, minha família, minhas viagens, etc.

Então o melhor a se fazer é estar pronto para falar de tudo um pouco , sendo objetivo e o mais honesto possível. Não precisa se precupar em responder que torçe pro Corinthians ou que é petista. Mas por favor não me vá na entrevista com a camisa do Timão, e principalmente, não  me fale de greve!!

2. Quais são seus objetivos a curto prazo? E a longo prazo?

Ahnn? Hein? Não entedi. Dá pra repetir a pergunta?

Tem um monte de gente por aí que sequer tem planos para a semana . Alguns vivem em função do dia de amanhã e nada mais. Deixa a vida me levar, é o refrão que cantam em suas vidas. Não seja uma dessas pessoas. Tente definir metas para os próximos meses (curto prazo), para talvez daqui a dois  ou tres anos (médio prazo) e quem sabe pra daqui uns 10 anos (longo prazo). Tente pensar em como quer que sua vida seja nesses três campos: Profissional, pessoal e educacional.
Seja específico e tente aproximar, de alguma forma, os seus objetivos aos da própria empresa. Respostas como “ganhar bem” ou “aposentar-se” são totalmente proibidas.

3. O que o levou a enviar o seu curriculum a esta empresa?
Aproveite esta deixa para demonstrar que fez o seu “trabalho de casa” e fale sobre a atividade da empresa e a forma como o posicionamento desta a torna uma empresa de elevado interesse para qualquer profissional. Naturalmente, para responder a esta pergunta, é preciso fazer previamente uma pesquisa sobre a empresa. Vá ao site institucional, faça pesquisas usando mecanismos de busca, leia revistas da especialidade e converse com pessoas que trabalham ou já trabalharam lá.
Esta dica já me salvou a pele em diversas entrevistas, inclusive na última onde eu nem sequer sabia escrever o nome da empresa. Algumas horas antes da entrevista liguei para meus amigos mais chegados e fizemos um arrastão pela internet para buscar algo. E deu certo! No dia da entrevista  com mais ou menos 15 candidatos só eu sabia algo sobre a empresa.

4. Qual foi a decisão mais difícil que tomou até hoje?
O que é pretendido com esta questão, é que os candidatos sejam capazes de identificar uma situação em que tenham sido confrontados com um problema ou dúvida, e que tenham sido capazes de analisar alternativas e consequências e decidir da melhor forma.

5. O que procura num emprego?
As hipóteses de resposta são várias: desenvolvimento profissional e pessoal, desafios, envolvimento, participação num projeto ou organização de sucesso, contribuição para o sucesso da sua empresa, etc.

Dizer que procura  simplesmente um melhor salário ou melhores benefícios está completamente fora de questão.

6. Você é capaz de trabalhar sob pressão e com prazos definidos?
Um “não” a esta pergunta pode destruir por completo as suas hipóteses de ser o candidato escolhido, demonstre-se capaz de trabalhar por prazos e dê exemplos de situações vividas em trabalhos anteriores.

7. Dê-nos um motivo para o escolhermos em vez dos outros candidatos.
Esta é sempre das perguntas mais complicadas mas o que se espera é que o candidato saiba “vender” o seu produto. Isto é, deverá focar-se nas suas capacidades e valorizar o seu perfil como o mais adequado para aquela função e a forma como poderá trazer benefícios e lucros para a empresa.

8. O que você faz no seu tempo livre?
Seja sincero, mas sobretudo lembre-se que os seus hobbies e ocupações demonstram não só a capacidade de gerir o seu tempo, preocupações com o seu desenvolvimento pessoal e facilidade no relacionamento interpessoal.                                                                                                                                                       O que você faz no seu tempo livre demonstra que tipo de pessoa você é. Então se você passa muito tempo sentado  assistindo TV, ou horas e horas batendo papo na internet, já é hora de rever seus conceitos.

9. Quais são as suas maiores qualidades?
Aponte aquelas características universalmente relacionadas com um bom profissional: Proatividade, empenho, responsabilidade, entusiasmo, criatividade, persistência, dedicação, iniciativa, e competência. mas tente ser sincero. Se você mentir a pessoa que o está entrevistando com certeza notará.  Tome muito cuidado com palavras desconhecidas, não as use em hipótese nenhuma, pois talvez o entrevistador pedirá para que você defina a palavra, e ai meu amigo,  dançou!!

10. E pontos negativos/defeitos?
Naturalmente que a resposta não poderá ser muito negativa, pois serão poucas as hipóteses para um profissional que diga ser desorganizado, desmotivado ou pouco cumpridor dos seus horários.
Assim, o truque é responder partindo daquilo que normalmente é considerado uma qualidade mas agravando-o de forma a parecer um “defeito”. Ou seja, exigente demais, perfeccionista, muito auto-crítico, persistente demais, etc.  Outra coisa importante a ressaltar é o que você está fazendo para corrigir esse defeito. Isso demonstra sua preocupação em desenvolver-se e principalmente sua proatividade.

11. Que avaliação faz da sua última (ou atual) experiência profissional?
Não se queixe e, em caso algum, critique a empresa e respectivos colaboradores. Diga sempre alguma coisa positiva, ou o ambiente de trabalho ou o produto/serviço da empresa. Se começar a apontar defeitos ao seu emprego anterior correrá o risco de o entrevistador achar que o mesmo pode acontecer no futuro relativamente aquela empresa.

12. Até hoje, quais foram as experiências profissionais que lhe deram maior satisfação?
Seja qual for a sua escolha, justifique bem os motivos. Tente mencionar as mais recentes e que sejam mais adequadas aos seus objetivos profissionais.

 

Read Full Post »